23 julho 2007

Fio de Prumo



H.S.C. está abismada, no mínimo, com um e-mail que recebeu sobre o novo projecto do Estoril Sol: cubos encaixados uns nos outros, uma aberração.

Com Helena Sacadura Cabral

3ª- 8.35/ 10.20/ 20.50

5ªf- 18.50

Sábado- 12.10/ Domingo- 20.15

7 Comments:

Anonymous Ana Isabel said...

A Helena é sempre surpreendente. Gosto da a ouvir aqui todas as semanas.

24 julho, 2007 11:30  
Anonymous J. Lima said...

Tem toda a razão! Eu também vi a maquette e fiquei horrorizado. Pode ser do Arq.Byrne e pode ser muito bonito por dentro. Mas por fora, é algo que fere a mais "empedernida" sensibilidade!

24 julho, 2007 14:11  
Anonymous Luis Matoso said...

De facto a net é um meio precioso de comunicar quando bem utilizado.
Eu também vi a maquette e não posso estar mais de acordo com a Helena.
Os arquitetos de renome podem dar-se ao luxo de apresentar "mamarrachos" e os que se atrevem a criticá-los são olhados como se fossem atrasados mentais. A Helena não é e teve a coragem de dizer o que muitos pensam mas calam. Eu também não gostei nada do aspecto exterior. Dentro parece muito agradável. Mas o exterior é abominável!

24 julho, 2007 21:45  
Anonymous Anónimo said...

Depois de ouvir a Helena, não pude deixar de tentar ver a famosa maquette que anda na net. Agora, até já tem um filme com umas senhoras tipo socialites, para animar o povinho. Que saudades do antigo Estoril Sol!
Não sou passadista até porque não tenho nem idade nem feitio para o ser. Mas lembro-me das belas banhocas que lá tomei e das referências ao icon que o hotel foi no seu tempo.
Este, como a Helena diz, parece-se com legos de vidro encaixados uns nos outros, e tem uma forma que colide com a restante paisagem.
Mas como é do Arq. Byrne, possivelmente o defeito, como sempre, será nosso...

25 julho, 2007 15:24  
Anonymous Nuno Santa Barbara said...

Eu não sei se sou passadista ou não. Sei que não gosto da maquette exterior e nem o nome do arquitecto altera o meu sentir. A arquitectura moderna de qualidade pode co-existir com tudo! Mas a proposta é um atentado ao local. E só me surpreende que os arquitetos não se pronunciem. Será respeitinho a mais pelo bom nome do autor? E a Camara de Cascais já aprovou "aquilo"?

25 julho, 2007 18:14  
Anonymous Laura T. said...

Acabei de ver o tal filme das socialites...aliás bem dispensável porque um pouco "piroso". Os interiores apresentados até são bem "esgalhados", como dizem os arquitectos. A Helena não os deve ter visto porque não lhes faz referência. O primeiro mail que recebi sobre o tema tb só mostrava o exterior. Mas o que hoje recebi é mais completo. E a fachada é, na verdade, bastante difícil de engolir!

25 julho, 2007 22:22  
Anonymous Paulo Queiroz said...

Não posso deixar de me regozijar com a unanimidade que o assunto aqui mereceu. É que julguei que o mau gosto era só meu...
E chamar de socialites aquelas "artistas" é um achado!
Que bom ouvir-vos e partilhar o vosso sentido do humor. Que pena que os políticos vos não oiçam. Iam aprender alguma coisa! No mínimo a rir deles próprios, que é o mais saudável riso que existe!

25 julho, 2007 22:29  

Enviar um comentário

<< Home