16 julho 2007

Ao vivo



Pepa Päivinen é um dos grandes saxofonistas da Finlândia, exímio nos saxofones (soprano, tenor, barítono) e flautas. Tem um percurso de duas décadas e um novo quarteto, com Timo Kämäräinen (guitarra eléctrica), Ville Huolman (contrabaixo, baixo eléctrico) e Mikko Hassinen (bateria, percussão). Amanhã ao vivo, no Jardim do Goethe-Institut, que assim entra na sua última semana de JIGG, 2007. 3ªf, 17 Julho, às 19h, Campo Mártires da Pátria.

No Hot Clube está outro quarteto, o projecto Terra Sul do guitarrista irlandês Mark O'Leary, há muito instalado em Nova Iorque. O'Leary tem tocado com Paul Bley, Jack DeJohnette e Mat Maneri, entre outros, e no Clube da Praça da Alegria vai estar acompanhado por Rodrigo Amado (saxofones), Zé Eduardo (contrabaixo) e Bruno Pedroso (bateria). 3ª, 17 e 4ª, 18 Julho, às 23h.


Na 4ªf há Jazz Sessions no Lux: os Dead Combo de Tó Trips (guitarra) e Pedro Gonçalves (contrabaixo) vão seguramente encher a casa com os temas do seu segundo disco, Vol. II: Quando a Alma não é Pequena, e do novo disco, Guitars from Nothing, que afinal é mesmo o primeiro, já que foi gravado em 2002, apenas por Tó Trips, e acaba de ser editado. Depois dos Dead Combo a música é do colectivo de DJs Os 7 Magníficos, formado há cerca de dois anos e com um gosto ecléctico. 4ªf, 18 Julho, Cais da Pedra a Sta. Apolónia, às 23h.

1 Comments:

Blogger  said...

Boa tarde!
Antes de mais,parabéns pelo blog!
Ainda por cima com um tema ligado ao dia-a-dia da maioria de nós!

Convido-o agora a visitar também a acrescentar o meu link à vossa barra de links laterais:

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Obrigado!

17 julho, 2007 03:06  

Enviar um comentário

<< Home