22 fevereiro 2007

Ainda nem é fim-de-semana...



... mas os concertos multiplicam-se pela cidade. No Maxime, 5ª feira, 23h: Filipe Melo (piano), Bernardo Moreira (contrabaixo) e Bruno Santos (guitarra). Debut, o primeiro registo do Filipe Melo Trio, foi editado em 2005. Esperam-se novidades para breve...



No Hot Club, entre 5ª e sábado, há 3 noites seguidas com "Miles & more", o novo concerto do Sexteto de Zeca Neves: Zeca Neves (contrabaixo), Leandro Tuche (guitarra), Alexandre Dinis (teclados), Carlos Miguel (bateria), Sebastian Schirife (percussão). Como sempre, 23h. No programa, várias fases da música de Miles Davis, de Seven Steps to Heaven até Bitches Brew e Tutu.



Ao fim da tarde, 19.30, na Trem Azul da Rua do Alecrim, 21 A, toca o quarteto de Rodrigo Amado, saxofonista, com Manuel Mota (guitarra), Hernâni Faustino (contrabaixo) e Peter Bastiaan (bateria).

E como se não bastasse, há throat singing no São Jorge, que é como quem diz, Vozes de Tuva. Um canto especial, que muitos já ouviram ao vivo, no verão passado, com este mesmo grupo: os Chirgilchin. No site http://www.purenaturemusic.com/chirgilchin.htm é possível ouvir 3 temas do grupo. No São Jorge, o concerto está marcado para as 22h.

E, last but not least, o Brasil de Cibelle também passa pela capital esta noite. Na bagagem, Cibelle traz 2 discos, o mais recente dos quais editado em 2006 e intitulado The Shine of Dried Electric Leaves. Concerto a partir das 21h no Santiago o Alquimista.

Etiquetas:

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

pois, ainda não é fim de semana mas as vossas sugestões continuam...
Muito bem!

22 fevereiro, 2007 11:44  
Anonymous Joana said...

boa boa um dos concertos não vou perder.

22 fevereiro, 2007 11:44  

Enviar um comentário

<< Home